sábado, 9 de fevereiro de 2013

1328- Uma instrutiva aula no melhor blog do mundo!





Coloco aqui um link de uma postagem muito instrutiva veiculada naquele que considero um blog exemplar e de referência: o do GM Kevin Spraggett.

É a postagem Nikolai Krylenko: the bastard who re-shaped world chess.

É uma postagem com substância. Uma aula sobre o estado soviético (o que fizeram com o marxismo! recomendo a leitura de Revolução dos Bichos de George Orwell ) e sobre a gênese do xadrez soviético.

Leiam o artigo. Se não sabem inglês, aprendam. É um investimento de tempo melhor que ficar horas no facebook só fofocando ou colocando frases de cunho moral dissociadas da prática pessoal!

São esses blogs como o do Kevin que devemos nos espelharmos para oferecermos uma informação que proporcione a quem lê prazer e qualidade no conteúdo.

Convenhamos, os blogs de xadrez (ou com "desvios de personalidade" como o meu!) somos muito ruins, ruins mesmo!
Vaidades inconscientes e exacerbação no estilo pessoal comprometem a qualidade.

Blog bom foi o falecido Xeque.Net do Dirceu Viana. Era bom também o blog do Rodrigo Disconzi. No momento, o Xadrez Diário News é o que temos de melhor qualidade, muito bom mesmo! Também muito bom o blog do MF Carlos Pinto.

Fiz minha autocrítica carnavalesca!

4 comentários:

André Kemper disse...

Maia,

Meu camarada!! O nosso "problema" é que escrevemos sobre o que gostamos e da forma que bem entendemos. Não tem como fazermos um blog profissional... Naquela premiação aqui em SP, eu vi blogs pessoais que contavam com mais de 10 pessoas na equipe. Não tem como comparar... :):)

Eu concordo contigo sobre a qualidade de conteúdo do Xadrez News. Mas ele é um blog diferente do seu e do meu. Quem o escreve entende de Xadrez - o que não é muito o nosso caso.

Nossa ideia nunca foi escrever muito voltado para a técnica, nem de ficar loucamente atualizando o blog, caçando notícias pelo mundo.

Eu, sempre que posso, divulgo um evento ou outro, no âmbito local. Porém, nunca foi meu foco. Sempre dei preferência aos torneios fora da capital, enfatizando os jogados em outros estados...

Também não dá para ficar pensando demais para escrever. Não temos tempo... Ah, acho que a parte da vaidade foi pra mim, né? Eu acho que foi. Mas eu sou vaidoso mesmo, só que de uma forma pura, singela e honesta. Gosto de enaltecer o lado bom das pessoas - e me incluo nisso. :):)

Eu sempre tive o seu blog como referência. Aproveitei várias ideias suas e fico feliz demais ao ver que se deu ao trabalho de comentar algo. Você é uma referência para mim e para muitos.

Espero que um dia possa receber um elogio seu. Mas daqueles sinceros.

Abraço.

Maiakowsky, um blog que tem até xadrez!! disse...

Caro Kemper,

Vamos por partes, na sequência de seu "desabafo":

Segundo parágrafo: "nosso caso" é uma ova! :) entendo de Xadrez (se não consegui bons resultados recentes é devido a vários motivos)e escreverei mais tecnicamente daqui para a frente (esta é a tônica da minha postagem). O seu caso, quem sou eu para julgar alguém.

Quinto parágrafo: a vaidade foi para mim mesmo, concluí no final que era uma autocrítica. Mas se você exerceu o socrático "conhece-te a ti mesmo" nada mau! É importante uma base de auto-conhecimento e auto-controle;

Sexto parágrafo: Sim, meu blog foi referência, principalmente na luta política contra a gestão Barata, isso há anos (há registros expressos de seu apoio e defesa veementes à gestão Barata em meu blog). Mas, a vida é dinâmica, você mudou politicamente, eu mudei e nossos blogs expressarão isso. Por isso, quero mudar um pouco o foco do meu.

Sétimo parágrafo: não entendo a carência! Reproduzi elogiosamente seu belo texto da situação FEXERJ x Barata em meu blog, parabenizei-o sinceramente pelo prêmio do Blog,etc...Querer e esperar mais é sintoma de necessidade terapêutica.

Atualmente só me digno habitualmente a ler 3 blogs (na ordem): o do Spraggett, o do Xadrez News e o teu. Na idade que tenho ando bastante seletivo. Isso não é um elogio?

Boa sorte no Amador em SP!

André Kemper disse...

Maia,

Você é muito brother mesmo! Sabia que ia dar um pulo da cadeira quando lesse sobre a técnica. Foi hilário!! Mas não podia perder a piada... :):):)

A outra parte: eu não mudei de posição, mas sim de entendimento. E isso é normal. Sempre apoiei o que achei correto. Quando vi que era errado, passei a não apoiar mais. E tenho registros disso também!

Sobre a "carência", foi outra forma engenhosa de mexer contigo. Não leve a mal. Eu sei que você curte o blog. Como poderia dizer o contrário?? Eu só leio o seu blog e o do Krikor. Os demais, apenas ocasionalmente.

Aqui em SP tá brabo... Tenho 2/3... e sofrendo...

Abraço!

Maiakowsky, um blog que tem até xadrez!! disse...

Capricha.

Hum, pelo andar da carruagem ano que vem estarei jogando aí! :)

Um abraço.